(11) 99924-3501
 A Dependência Química é Hereditária Realmente?

A Dependência Química é Hereditária Realmente?


 

A dependência química é herditária realmente?

Na maioria dos estudos realizados, nos diz que realmente a predisposição genética é real para a dependência química em uma pessoa. Nos estudos com drogas pesadas como o crack, cocaína e maconha mas também com a bebida alcoólica são relacionadas a pré diposição genética dos indivíduos em família.

Em algumas análises não existem genes que identifiquem o porque do vício em uma pessoa em específico dentro do grupo familiar. Segundo análises do Instituto de Ciência Biomédicas da UFMG o alcoolismo é o que mais é estudado e 50% dos casos, o alcoól aparece como uma droga realmente hereditária. E os demais 50% por causa do meio social ao qual a pessoa costuma viver.

Muitas mulheres e famílias se preocupam com isso na gravidez devido ao pais serem dependentes químicos e que sabem que os filhos podem desenvolver a dependência química por causa da genética.

Mas se pai e mãe forem dependentes químicos pode se afirmar que os filhos serão também? Vamos primeiro saber o que é ser dependente químico:

O que é ser dependente químico?

Ser dependente químico é ser uma pessoa dependente de subtâncias psicoativas como, heroína, cocaína, maconha, crack, LSD, tabaco, alcoól entre outros. A dependência química geralmente é quando a pessoa se encontra doente, dominada por um vício, quando ela deixa de viver sua vida normal para buscar o prazer decorrido pelo uso da substância ao qual ela acaba se aprisionando ao vício químico da droga. O único desejo da pessoa é consumir para suprir a necessidade química que o vício ocasiona em seu organismo.

Onde entra a genética nessa história?

A herança genética é real pois pais e mães transmitem muitas informações físicas e emocionais ao feto durante a gestação. E estudos garantem que isso pode ocorrer, mas também não podemos afirmar que o filho ou filha se tornará um dependente químico. Tudo depende da criação e qual o meio social que as pessoas irão conviver.

O mais importante é a prevenção das drogas, pais e mães tem o dever de mostrar aos seus filhos os danos que a dependência química pode ocasionar na vida delas se elas optarem por usar drogas.

A prevenção sempre é o melhor caminho para uma pessoa não se tornar um dependente químico.






 

 

Blog

Comunidades Terapêuticas o que são:
07/02/2022

Comunidades Terapêuticas o que são:

As comunidades terapêuticas prestam serviços a pessoas com transtorno de uso abusivo de substâncias psicoativas ou dependência de drogas e álcool

Aceitamos Convênios Médicos

convênios