(11) 99924-3501
O que é a depressão e como tratar: saiba mais

O que é a depressão e como tratar: saiba mais


 

A depressão é considerada um transtorno psiquiátrico, ao qual ocorre uma alteração cerebral que faz com que a pessoa tenha mudanças no seu emocional, no seu humor e comportamento. Faz com que a pessoa tenha um desânimo muito grande e uma tristeza profunda aonde muitas vezes de perde a vontade de viver. A depressão é uma doença crônica e atinge milhares de pessoas por ser uma doença bem complexa. É uma doença que exige cuidados e um tratamento por um período muitas vezes bem longo.

A depressão é uma doença crônica e mental que atinge em torno de 300 milhões de pessoas em todo o mundo. Dados da Organização Mundial de Saúde a (OMS) no nosso país são em torno de 12 milhões de pessoas que sofrem com a depressão, o que nos torna a 5ª população com mais depressão no mundo. Essa doença muitas vezes dá as caras mesmo na infância e a maioria dos casos no Brasil se encontra na faixa dos 14 anos aos 60 anos.

As causas dela é que há uma disfunção bioquímica cerebral que tem influências muitas vezes na genética, tem também a influência no ambiente que a pessoa vive e no seu organismo, que muitas vezes podem ser ou não combinadas. A estatística nos fala que as mulheres brasileiras são as mais suscetíveis à depressão, por causa da sua constante oscilção hormonal em seu período fértil.

   Sintomas de uma depressão:

Ela é caracterizada por uma tristeza muito grande, pensamentos suicidas, desânimo profundo em que a pessoa não tem forças nem ânimo para fazer as coisas simples do dia a dia. Vamos agora falar sobre os sintomas psíquicos e físicos da depressão.

   Sintomas psíquicos:

A depressão apresenta uma mudança muito grande de comportamento, muitos pensamentos negativos, muita tristeza, drástica queda de humor, perda de concentração nas coisas, perda de prazer, sentimentos de culpa e muitas vezes o perigoso sentimento do suicídio. Resumindo a pessoa não tem mais vontade de fazer nada e nem de viver.

   Sintomas físicos:

A depressão é caracterizada pela tristeza profunda e o desânimo total da vida. Faz com que a pessoa não realize as suas tarefas do dia a dia e geralmente nem se alimentar direito elas se alimentam. Algumas pessoas emagrecem muito pelo sintoma da doença e ai podem surgir outras doenças físicas em cima desse comportamento.

   O Diagnóstico da Depressão:

   99% dos casos requer um diagnóstico psiquiátrico.

O diagnóstico deve ser bem detalhado, pois exige uma atenção muito grande do profissional no caso o psiquiatra. Os sintomas muitas vezes podem ser confundidos com outros, e por isso exige uma atenção muito precisa do psiquiatra com o paciente. Após o diagnóstico preciso do médico é começado então o procedimento clínico para o tratamento do paciente.

   Tratamento da Depressão:

   (Precisa-se primeiro sempre de um diagnóstico do médico psiquiatra.)

  • Tratamento psiquiátrico (medicações)

  • Tratamento psicológico

  • Teraperia individual

  • Terapia em grupos

  • Apoio familiar

  • Tratamento em clínica de recuperação

  • Tratamento hospitalar

    (Os tratamentos são de acordo a necessidade de cada paciente.)

    Internação para depressão:

Uma internação para um paciente depressivo muitas vezes é dolorido para a família tomar essa decisão, mas muitas vezes é caso de vida ou morte. E é aí que a família não pode demorar para tomar essa decisão, uma grande maioria tem muitos pensamentos suicidas e como a gente sabe, infelizmente alguns perdem realmente a coragem e a vontade de viver e se suicidam. Quando não se consegue a melhora desse quadro com medicações, terapias e nem o apoio famíliar, a melhor opção é a internação hospitalar ou em uma clínica de recuperação. Nunca demore para ajudar quem tem depressão pois ela é considerada como uma doença extremamente ingrata e périgosa.

   Tratamento Voluntário: Quando o paciente aceita o tratamento hospitalar ou clínico.

Essa internação ocorre quando o paciente está ciente da necessidade de uma ajuda mais profissional, em regime de internação dentro de um hospital ou clínica de recuperação. Ela aceita e tem consciência de que a internação é para sua melhora de vida e autoestima, para logo poder voltar as suas rotinas normais da vida, mais forte e estabilizado emocionalmente.

   Tratamento involuntário ou compulsório: Quando o paciente não aceita o tratamento hospitalar ou clínico.

A família toma essa decisão devido ao sofrimento de ver o seu ente querido numa situação de risco. A depressão como falamos é muito perigosa devido aos seus sintomas de pensamentos suicidas. A internação involuntária ou compulsória muitas vezes é o que salva a vida do paciente com depressão e pode ser tanto no hospital ou em uma clínica de recuperação.

Nós do Grupo Procure Clínicas estamos desde 2005 ajudando milhares de famílias e pessoas que necessitam de tratamento, tanto na indicação de psiquiatra e psicólogos como em tratamento em clínicas de recuperação e hospitais psiquiátricos. Não deixe de ajudar a quem necessita de tratamento, pois muitas vezes é o que salva a vida do paciente.

Caso queira mais informações sobre o tratamento e clínicas, não deixe de entrar em contato conosco.

 

Blog

Comunidades Terapêuticas o que são:
07/02/2022

Comunidades Terapêuticas o que são:

As comunidades terapêuticas prestam serviços a pessoas com transtorno de uso abusivo de substâncias psicoativas ou dependência de drogas e álcool

Aceitamos Convênios Médicos

convênios