(11) 99924-3501
Tratamento para alcoólatras

Tratamento para alcoólatras


Vivemos em uma sociedade onde o consumo moderado de álcool é totalmente aceito, e em alguns casos até incentivado.

Mas entre ser um consumidor moderado e um alcoólatra, vemos um caminho curto e muitas vezes imperceptível.

Pesquisas garantem que o consumo de álcool é um dos maiores problemas mundiais de saúde publica, e por isso, todos são afetados em caso de compulsão: o dependente químico, a família e a sociedade em que ele vive.

Mas há tratamento, que exige muito esforço da parte do dependente, acompanhamento de profissionais capacitados, apoio e ajuda da família e de amigos.

O que é o tratamento de alcoolismo

A primeira etapa para se iniciar o tratamento do alcoolismo é a consciência do dependente. Se ele reconhecer que está dependente do álcool e saber que precisa de ajuda para se livrar desse comportamento compulsivo, já fica mais fácil.

O tratamento de alcoolismo se baseia em uma busca continua para conter os impulsos e a vontade de beber para ficar bêbado. É um esforço que precisa ser conjunto entre paciente, família e uma equipe médica especializada.

Direcionado para pessoas que consomem bebidas alcoólicas em excesso, percebemos que começa a ser um problema quando a vida social, familiar, profissional, amorosa e também a saúde são colocadas em risco.

Quanto tempo dura o tratamento

O tempo de duração do tratamento, que envolve desintoxicação e reabilitação depende de inúmeros fatores.

O tratamento é individualizado, e vai depender também da reação do paciente ao tratamento, quanto tempo ele ficou ingerindo bebida alcoólica em excesso. Há pessoas que começam o tratamento animadas, mas com a abstinência acabam recaindo. Por isso, dependendo do grau do alcoolismo, a internação em uma clínica de recuperação acaba sendo a melhor saída.

Não existe um prazo pré-estabelecido para que o dependente esteja livre do vicio, até porque, mesmo após o tratamento, e pela bebida alcoólica ser muito acessível, podendo ser comprada em lojas, postos e supermercados, o paciente precisa ficar em constante vigilância, para evitar as possíveis recaídas.

O tempo e a frequência do consumo da bebida alcoólica e o tratamento varia de pessoa para pessoa.

Um dependente há menos tempo, com uma frequência reduzida pode ser tratado apenas com medicamentos, apoio em grupos de terapia e acompanhamento psicológico.

Já um dependente que consome a bebida alcoólica de forma compulsiva a mais tempo, deve ser afastado dos lugares, pessoas e situações que estimulam o vicio.

Deve receber amparo de profissionais que entendam o processo e o tratamento, e que vão ajudar o dependente a passar pelas fases mais críticas.

O uso de bebidas alcoólicas de forma exagerada pode desenvolver vários problemas de saúde como cirrose, câncer, hepatite, gastrite, impotência ou infertilidade, trombose, falta de vitamina B3 no organismo, demência, anorexia alcoólica e outras doenças que estão ligadas direta ou indiretamente ao vicio.

Se a saúde do dependente estiver bem debilitada quando ele procurar ajuda, o tratamento deve ser mais intenso.

Será necessário cuidados de uma clínica de recuperação para que ele possa contar com ajuda médica e terapia.

Blog

Comunidades Terapêuticas o que são:
07/02/2022

Comunidades Terapêuticas o que são:

As comunidades terapêuticas prestam serviços a pessoas com transtorno de uso abusivo de substâncias psicoativas ou dependência de drogas e álcool

Aceitamos Convênios Médicos

convênios